Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

TUDO AVULSO

Acontece-me... Por inspiração... transpiração... ou porque me apetece...

TUDO AVULSO

Acontece-me... Por inspiração... transpiração... ou porque me apetece...

25
Jan15

Rainhas do Inverno

Mariali

Quem está de volta, quem?...

As rainhas do Inverno estão aí, e vão ficar por muito tempo. Adoro-as. São tão diversificadas! Vestem-se de novo quando nos aparecem, mas logo se descontraem e se desprendem com uma singeleza que nem seu envelhecimento as despersonaliza.

Silenciosa, presa ao chão, há séculos, décadas ou mesmo agora, folhagem verde e persistente, com seu brilhozinho, assim é a árvore; em todas as estações, nunca desiste de alegrar e enriquecer o espaço, convidar-nos a parar, a olhá-la, encantando tudo e todos.

Camélias. Sua árvore japoneira. Foi assim que me apresentaram desde muito pequenina. Aprendi desde cedo a respeitá-las. E que as mais lindas eram as brancas, de pétala dobrada, pequenas...

Agora, gosto de todas. Ontem, num passeio pelo jardim e parque do Mosteiro e Pousada de Santa Marinha, na freguesia da Costa, em Guimarães, pude fotografar camélias de várias cores, mas foram as de cor roxa com mistura de lilás e rosa as que mais me enfeitiçaram. 

E, passo a concluir, expressando o que me vai na alma: "casa que não tenha pelo menos uma japoneira não é uma casa portuguesa com certeza..." 

Aqui deixo algumas fotos.

DSCN0338

DSCN0330

DSCN0331

DSCN0337

DSCN0335

DSCN0352.JPG 

16
Jan15

Alabardas, alabardas...

Mariali

Pensava eu, erradamente, que não teria qualquer chance de voltar a ver publicado um livro, um novo romance de Saramago.

É, comprei-o. O entusiasmo para iniciar a leitura demorou. Acompanhou-me vários vezes. Ia e vinha intacto. Um dia aconteceu... E não mais consegui desgarrar-me até que o livro terminasse. Encheu-me de vontades, reflexão, sentido crítico.  

O romance ficou inacabado. Mas o que contém é tão intenso. Como em outros livros, fez-me sorrir, apesar do tema tão pertinente que é abordado- o armamento.

Apenas vou referir-me aos dois protagonistas. Lá estão, o homem e a ex-mulher. Ela, com carácter pacifista, inteligente; ele, obediente, um bom trabalhador. Mas é necessário ser mais que isso. Orientado por ela, vai tentando investigar, na fábrica onde trabalha, aquilo que tanto a aflige ...

Saramago e o seu bom senso  deixou expresso como terminaria o romance... Então, depois da protagonista tanto se esforçar para que seu marido fosse diferente, reconhece que não valeu de nada esperar tal mudança...

-"Vai à merda!" É a expressão que melhor encaixa para concluir esta obra. E descansem, é a única expressão pecaminosa que Saramago usa.

 

04
Jan15

Desmancha-prazeres

Mariali

 

Depois das badaladas, cumprimentos e sorrisos com votos de bom ano e que, pelo menos, seja igual ao ano passado; é desta maneira que quase toda a gente festeja a entrada do ano novo. Durante muito tempo, continuamos a desejar a quem se cruza no nosso caminho: Bom ano! Bom ano!

Tudo bem. Não passam de desejos. Estamos em modo de esperança. E ter esperança não é assim tão bom. Corremos o risco de ficar em esperança uma vida inteira... 

Depois, também é necessário muita paciência, fé...

Os outros é que sabem. Mas o parecer que faço a meu respeito, é que tenho vindo a aumentar o "grau" de paciência. Embora, há pontos de vista. Uns dizem que tenho paciência de job; outros, que não tenho paciência nenhuma; aqueloutros, que só tenho paciência para os outros; e, ainda, há aqueles que confundem a minha paciência com estupidez, "morconice", ou sei lá! 

Daí, em 2015, vou continuar a trabalhar nesta virtude. E, já agora, reler todas as histórias que meus pais me contaram. De repente, lembrei-me da tão tradicional: O velho, o rapaz e o burro. 

DSCN0047.JPG

*1º. dia de Janeiro 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D