Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

TUDO AVULSO

Acontece-me... Por inspiração... transpiração... ou porque me apetece...

TUDO AVULSO

Acontece-me... Por inspiração... transpiração... ou porque me apetece...

02
Jan16

Palavras à solta na recta final do ano

Mariali

Carinhosas: -"És sem dúvida a tia mais original e criativa.

Inspiras-me."

Desnecessárias: -"Essas flores são para mim?"

Atrevidas: -"O seu olhar mostra que está distante, algo a preocupa.

Mostra inteligência, diria que tem perfil de directora de escola,

que comanda toda esta gente."

Apaziguadoras: -"Ela é assim, fala com os olhos..."

Prometedoras: -"Que no calendáro do novo ano haja mais dias para um café."

DSCN8092.JPG

 

 

27
Jun13

Sentires

Mariali

 

Em oração agradeço...

O que conheci, vivenciei, aprendi.

Tudo o que amei.

O que me contagiou

coisas boas, menos boas

que me edificaram

me construíram assim

com espanto, respeito

e amor. 

E o que me inculcaram

o que me impuseram

o que tentam impingir...

Nada relevante

não endureceu, nem delimitou

nem cheiro, nem gosto

nem qualquer um dos sentidos.

Apenas resquícios

que surgem ao de leve

de quando em vez

mas que não se propagam

nem contaminam os meus

e os vossos sentires...

* Árvores, raízes... meus frutos.

 

05
Mai13

Cessaram as palavras

Mariali

As palavras já foram rio e mar

e corriam cristalinas, revoltas

ensurdecedoras e agitadas 

acariciando-nos na sua passagem... 

Já foram montanhas majestosas 

rodopiando de cume em cume

frescas, arejadas, envolvendo as encostas

e caindo de cansaço a seus pés...

Já foram vales, as palavras.

Suaves, aquecidas, verdejantes

floridas, polinizando ao redor

e inebriando os sentidos...

Já foram céus, as palavras.

Cintilantes de esperança

azuis, desenhadas de estrelas

e sonhando-te para sempre.

Agora, dissolveram-se nas correntezas

e atordoaram-se de cansaço

deslizando pelas encostas.

Nos vales, endurecidas, vestiram-se

de branco salitre...

E pálidas, lá nos distantes céus

perderam-se de vista.

Como placebo, iludindo o estado natural

o tempo e o caminhar, vejo-as

sem validade, as palavras...

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D